quarta-feira, 23 de Outubro de 2013

"Os Reinos do Caos" de George R.R. Martin - Opinião

"Caos" é sem dúvida a palavra ideal para descrever o meu estado mental, durante e após a leitura deste livro. É daqueles livros que devia trazer uma fita, amarela com a palavra Danger escrita em vermelho, a envolve-lo. Ou ter aquele aviso: "This book contains strong events and deaths references from the outset and throughout".
Spoilers para quem ainda não leu o livro, tentem resistir à tentação, mas se não conseguirem é só carregarem no botão...
Bom, neste livro temos o regresso de Cersei e de Jaime. E é nos capítulos deste que temos um dos *bumms*, afinal a Brienne ainda está viva! Meu deus, como é que isto aconteceu? Afinal a rapariga não tinha morrido enforcada? Como é que ela regressa para junto do Jaime e desaparecem os dois? Acho que a Brienne e o Jaime desapareceram para provavelmente irem atrás da Catelyn-Morta-Viva-Stark.
Já a Cersei continua em maus lençóis, o pior é que nem lençóis tem para se cobrir quando tem de fazer o "passeio da vergonha", para se redimir de todos os pecados que cometeu. É claro que depois disto não poderá continuar a ser a Rainha, e Kevan Lannister, Regente do Trono, já tem planeado a partida dela para Rochedo Casterly. Eu falei no Kevan como o Regente? Peço imensa desculpa pelo meu engano, isso era até ele morrer com uma seta duma besta enfiada na barriga, tal como o seu querido irmão, uma disparada por um anão e outra por uma aranha... Será que ouvi outro *bumm*?
Daenerys, Daenerys ai filha! Devias ter vindo com o teu sobrinho para Westeros que ele agora é que se está a dar bem. Enquanto ele conquista o sul dos 7 Reinos estás metida em sarilhos dos grandes. Primeiro recusas o Principe de Dorne para casares com o Hizdahr, que logo depois te tenta envenar, enquanto o teu amante se encontra refém em Yunkai. Isto já para não falar de que toda a gente pensa que estás morta, é o que dá desaparecer montada num Dragão. Enquanto isso o Principe que recusaste, Quentyn Martell, tenta soltar os teus dois outros dragões. Poderia se dizer que até foi uma missão bem sucedida não fosse ter morrido queimado... *bumm*
Tyrion e Jorah depois de terem sido vendidos, conseguem se alistar nos Segundos Filhos, a companhia de mercenários liderada por Ben Plumm. Aquele que passou do lado de Daenerys para o de Yunkai, embora Tyrion tenha intenções de o voltar a fazer trocar de lado.
No Norte, o bastardo do Bolton casa com Jeyne pensando que é Arya Stark, no entanto, esta foge com a ajuda de Theon (não, já não é o Cheirete) e de Mance. A caminho de Winterfell encontra-se o Rei Stannis, sem conseguir avançar contra os Bolton devido à chegada do Inverno. Com o Rei encontra-se Asha Greyjoy, a eles vem-se juntar Theon e a fugitiva esposa de Bolton.
Na Muralha. Não sei se quero escrever o que aconteceu na Muralha. De todos os capítulos que lá se desenrolaram só me consigo lembrar do último, mais propriamente da última página. Aquela em que Jon Snow é atacado pelos seus irmãos e muito provavelmente cai morto no chão. *bumm*
Página do Diário de Leituras
Resumindo, um livro fantástico, agora só falta mesmo esperar pelo próximo...

Sem comentários:

Enviar um comentário